domingo, 20 de novembro de 2016

IGARASSU: Vereador Paulo Uchôa questiona prioridades do Governo Municipal no Orçamento de 2017

Semana passada a Prefeitura Municipal encaminhou para a Câmara de Vereadores a proposta da Lei Orçamentária para o exercício de 2017. Esta deve ser analisada e votada pelos parlamentares. Nela constam as estimativas de investimentos que o Prefeito pretende empregar nas diversas área de sua Administração, como Saúde, Educação. Segurança, e outros. Cabe aos vereadores aprovar na íntegra ou apresentar emendas.

O Vereador Paulo Uchôa (PDT), na recente Sessão Ordinária da Câmara (17), mostrou-se pasmo com o que considera absurdo o que o Prefeito estabelece no Orçamento como prioridades. "Senhores e senhoras, folheando algumas páginas deste documento, já me foi possível constatar alguns absurdos. Como por exemplo, numa situação de falta de medicamentos e merendas em nossa Cidade, além de ruas escuras e falta de segurança, o Prefeito decide destinar mais de 5 milhões para realizar festas  em 2017. Já para melhorias na Biblioteca Municipal, 10 mil reais. E o pior: uma comissão de professores do Município me procurou hoje, em meu gabinete, para denunciar que a Prefeitura sinalizou que vai cortar 50% do valor das horas aulas em seus salários, alegando que precisará diminuir custos... Isto é imoral! Não se tem dinheiro para investir em Educação, mas terá para fazer festas?" - Desabafa Paulo Uchôa em seu discurso, e afirma que irá apresentar emendas ao Orçamento.

Por Marcelo Santana/Jornal PE da Gente/Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário